terça-feira, 21 de março de 2017

Smaug, o Dourado



"Eu sou, fogo! Eu sou...Morte.."

Smaug, o Dourado, também conhecido como Smaug, o Terrível ou apenas simplesmente Smaug, é um Dragão fictício criado por J.R.R. Tolkien na obra O Hobbit, onde é o antagonista principal da história.

Smaug era um dragão grande ganancioso que viveu durante a Terceira Era, considerado o último dos maiores dragão que já existiram na Terra-Média. Na época, ele vivia nas masmorras da Montanha Solitária (também conhecida no idioma Sindarin como Erebor) na Terra-Média, depois de expulsar os seus antigos moradores, os Anões, para se apropriar de suas riquezas após destruir a cidade de Valle, situada ao pé da Montanha e habitada por Homens. Preocupado com o retorno de Sauron à Terra-Média, o mago Gandalf teme um possível papel do dragão nos planos de conquista do inimigo. Ao mesmo tempo, Gandalf é visitado pelo anão Thorin, Escudo de Carvalho, que lhe pede conselhos para recuperar sua herança perdida. O mago se oferece para organizar uma comitiva composta pela companhia de Thorin e o Hobbit Bilbo Bolseiro. Assim, organizando a busca de Erebor, que fará com que os anões recuperem os tesouros que lhes pertencem, enquanto libertam o norte de Rhovanion da influência do dragão. Assim bilbo entra lá dentro da montanha e fala com o dragão, porém mais tarde este descobri que a companhia veio da cidade do lago. Smaug ataca Esgaroth, mas acaba sendo morto por Bard com uma flecha negra.


História 

Smaug fez sua primeira aparição no ano de 2770 da Terceira Era, durante o reinado de Thrór. Naquela época, o reino anão de Erebor vivia na opulência, os anões cavaram os salões vazios do coração da Montanha Solitária cheio de "armaduras, jóias, e pedras preciosas". Toda essa riqueza era conhecida na região, de modo que o ganancioso, forte e perverso dragão Smaug, "o mais poderoso de sua época", eventualmente ouviu sobre isso. Em seguida, se ergueu em chamas e foi para Erebor, que ​​ele acabou destruindo. O dragão atacou a cidade da Montanha de Valle, matando as pessoas que encontrava pelo caminho. Thrór, seu filho Thráin II e seu pequeno neto Thorin II, Escudo de Carvalho, no entanto, conseguem escapar, e muitos anões vão se instalar em Ered Luin.

Em 2841 da Terceira Era, Thráin II, partindo sozinho, decide voltar para Erebor. Em 2845 acaba preso na fortaleza de Dol Guldur por Sauron, que rouba seu anel, o último dos Sete Anéis dados aos Senhores dos Anões. Cinco anos mais tarde, Gandalf entra na fortaleza descobrindo que Thráin está morrendo e confirma que Sauron está de volta. Gandalf começa a temer que ele envie exércitos tomando o antigo Reino de Angmar no norte e chegue em Eriador. Este medo é reforçado pela ausência de forças anãs e humanas, destruídas por Smaug, no norte de Rhovanion,12 forças que poderiam detê-lo. Além disso, o mago teme ainda mais que Sauron pudesse usá-lo como um aliado na futura Guerra do Anel. Assim, ele planeja uma maneira de se livrar do dragão.

Em março de 2941 da Terceira Era, Gandalf encontra Thorin na vila de Bree, no caminho para o Condado. O mago dá conselhos ao anão para se vingar de Smaug e recuperar o seu trono. Diz a Thorin para pensar sobre o problema, e em seguida, retorna ao Condado. Lá ele encontra Bilbo Bolseiro e descobre que ele está ansioso por uma aventura. Gandalf então organiza a busca de Erebor, Thorin e sua companhia, juntamente com Bilbo, contando com o fato de que o dragão não sabe o que é um hobbit.



A companhia atravessa a Terra Média, e finalmente chega em Erebor, no outono de 2941. Depois de algumas pesquisas, eles descobrem uma passagem secreta usada como saída de emergência pelo avô e pai de Thorin, durante o ataque do dragão. No Dia de Durin, que é a última lua do outono, é revelada a porta secreta por onde os anões entram. Bilbo é enviado até o coração da Montanha. Descendo cada vez mais até o tesouro ele sente o calor intenso. Ouve um barulho que vem a ser o dragão dormindo em uma pilha de jóias e tesouros. O hobbit se beneficia do sono do dragão para roubar uma taça de ouro e depois voltar para o fluxo de ar livre. Só possuindo tempo suficiente para encontrar os anões e mostrar-lhes o seu espólio, Smaug desperta e descobre o roubo da taça. Enfurecido, deixa a Montanha e voa com o objetivo de encontrar Bilbo. A criatura fica empoleirada no topo da Montanha e derrama seu fogo nas laterais. Os anões e Bilbo mal têm tempo para se esconder no túnel secreto, mas a porta é destruída e eles ficam presos. O dragão, após esse acesso de fúria, encontra a sua pilha de tesouro e volta a adormecer. Bilbo decide descer até seu covil, esperando que ele estivesse adormecido. Depois de usar o seu anel de invisibilidade, desce até o túnel. Apesar de sua invisibilidade, Smaug sente seu cheiro. Depois de um diálogo onde o dragão tenta saber mais sobre o hobbit e seus companheiros, Bilbo escapa, mas não sem notar que Smaug tem uma falha na armadura de seu peito, ele informa sobre o buraco aos anões. Um tordo que seguia a companhia também descobre o ponto fraco do dragão e, em seguida, voa para Esgaroth. Smaug por sua vez, aparece fora de Erebor e tenta enterrar os anões causando deslizamentos de terra nas encostas da Montanha, antes de ir à Cidade do Lago de Esgaroth.

Arqueiros da Cidade do Lago, vendo o dragão se aproximar, tentam atirar, mas ele está muito bem protegido por sua armadura de pedras preciosas. Ataca e incendeia várias casas de Esgaroth antes do tordo que seguia os anões alertar o Capitão Bard, herdeiro do trono de Valle, sobre o ponto fraco do dragão. Ele mata Smaug com uma Flecha Negra, herdada de sua família, com um tiro na cavidade esquerda de seu peito. Smaug cai sobre a Cidade do Lago causando redemoinhos e borbulhas sobre as águas.15 A água que cerca seu corpo é temida pelas pessoas que o rodeiam, seus ossos ainda estão lá, há vários séculos em ruínas, e ninguém se atreve a mergulhar para roubar as pedras preciosas em sua armadura.

Curiosidades 

Smaug foi muitas vezes comparado pelos críticos aos dragões da mitologia nórdica. Com efeito, O Hobbit possui muitas de suas inspirações nos trabalhos desta mitologia, incluindo Beowulf, o qual Tolkien traduziu em um trabalho acadêmico. Segundo esta abordagem, Smaug pode ser interpretado como uma figura da avareza. Analises também avaliaram sua inteligência e perspicácia maligna ao lado do Necromante como uma criatura da destruição, e perceberam sua semelhança com o dragão lendário Fafnir, personagem da Saga dos Volsungos.

Desde sua aparição original junto ao livro, o personagem foi adaptado em diversos meios de artes visuais, incluindo as ilustrações de John Howe, peças de concertos musicais como a de Carey Blyton, e animações ou filmes em live action, como a adaptação cinematográfica O Hobbit de Peter Jackson. Graças ao seu tesouro, vem sendo descrito como um dos personagens mais ricos da literatura e ficção.


fonte::

  • http://terramedia.wikia.com/wiki/Smaug


sexta-feira, 17 de março de 2017

Stardust Dragon


Stardust Dragon (jap: スターダスト・ドラゴン; Dragão Poeira Estrelar em português) é um card do jogo de cartas Yu-gi-oh! e a carta às de Yusei Fudo, protagonista do anime Yu-gi-oh 5D. Ele é um card de monstro nível 8, atributo vento, do tipo dragão e invocado por meio de synchro summon. Possui 2500 pontos de ataque, 2000 de defesa e possui o seguinte efeito:

"Você pode tributar esta carta para negar a ativação de uma carta mágica, armadilha ou monstro de efeito que destrói um ou mais cartas no campo, e destruir essa carta. Se você anular um efeito dessa maneira, você pode invocar especialmente esta carta de seu cemitério durante a fase final."


No anime Yu-gi-oh 5D, Stardust Dragon é dito ser um  dos dragões que esteve ao lado do Dragão Vermelho (Crimson Dragon) na luta contra o Red Nova (a 10.000 anos atrás) e contra os Earthbound Imortals (5.000 anos depois). Yusei Fudo é o signatário associado ao Stardust Dragon, e como tal, possui seu card. Stardust sempre esteve ao lado de Yusei nos momentos difíceis, passando a todos de Satellate uma sensação boa pelo seu encanto ao voar e seu rastro de poeiras estelares (como seu nome propriamente dito) sobre o céu.


quarta-feira, 15 de março de 2017

Dragões na arte de Genzoman


Gonzalo Ordóñez Arias, mais conhecido como Genzoman, é um fantástico ilustrador chileno, cujas artes são comumente inspiradas em lendas e mitos mundiais, além de quadrinhos, mangás e games. Hoje nesse post, trago suas principais ilustrações retratando dragões, e no fim, você poderá encontrar links para os principais canais do artista.






















terça-feira, 29 de março de 2016

Dio - Killing The Dragon



Silence - we hunt for the queen
(Silêncio - nós caçamos para a rainha)
Sign of the cross
(Sinal da cruz)
And pray in-between
(E reza pela metade)

Look by the light of the day
(Procure pela luz do dia)
She's hiding till dark
(Ela se esconde até o anoitecer)
Waiting to play hey-hey
(Esperando para jogar hey-hey)

Something's taken a child
(Algo tomou uma criança)
And it all must end
(E isso tudo deve acabar)
Time to be killing the dragon again
(Tempo de matar o dragão novamente)

Silence - we'll hunt for the lord
(Silêncio - nós caçamos para o lorde)
He takes crimson and gold
(Ele leva carmesin e dourado)
Gave ice to the cold
(Deu gelo ao frio)

Oh to be never afraid
(Oh nunca tenha medo)
Of wolves at the door
(de lobos na porta)
Howling for more
(Uivando por mais)

More's been empty for years
(Mais tem sido vazio por anos)
And it all must end
(E isso tudo deve acabar)
Time to be killing the dragon again
(Tempo de matar o dragão novamente)

Kneel and behold your new king
(Ajoelhe-se e contemple seu novo rei)
Digital dreams
(Sonhos digitais)
And wonderful things to tease you
(E coisas maravilhosas para provocar você)

Small gods with electrical hearts
(Pequenos deuses com corações elétricos)
And it all will end
(E isso tudo irá acabar)
Time to be killing the dragon
(Tempo de matar o dragão)

segunda-feira, 28 de março de 2016

O Dragão de Beaucaire


Beaucaire é uma bonita aldeia da Provença, localizada na margem direita do Ródano, no departamento francês de Gard, na região de Languedoc-Rossilhão,. Este antigo povoado, fundado no século VI a.C., possui uma grande quantidade de lendas ancestrais, das quais a mais famosa é sem dúvida a do Drac (dragão em francês), um terrível dragão aquático que outrora vivia no Ródano. Escondido nas profundezas do rio, atraía as crianças, fazendo brilhar ouro e pedras preciosas debaixo d'água. O Drac também conseguia tornar-se invisível e assim percorria as ruas de Beaucaire para apanhar as presas à vontade. Pobre de quem caísse na armadilha! O Drac acabava impiedosamente com suas presas.

Uma das lendas mais famosas sobre o Dragão de Beaucaire conta que um dia, uma jovem lavadeira foi lavar a roupa nas margens do Ródano. Enquanto trabalhava, a jóvem ouviu uma voz suave que a convidava a se aproximar da água e, ao olhar, conseguiu ver o brilho de milhares de jóias no fundo... A jovem começou a ficar com sono, e sob hipnose, acabou entrando no rio. Então o dragão a pegou e e a levou para o fundo, até chegar no seu esconderijo. Uma vez em seu esconderijo, o dragão não matou a jovem. Ao invés disso, entregou-lhe seu filho, que tivera a pouco tempo com uma donzela, para que ela cuidasse dele.

Passaram-se assim sete anos, sem que ninguém em Beaucaire fizesse a minima ideia do paradeiro da lavadeira, até que um belo dia, ela reapareceu na cidade, Entre abraços e manifestações de alegria, a lavadeira retomou a sua vida. Mas depois de algum tempo, na praça do mercado, ela avistou o dragão e foi cumprimentá-lo. O dragão, percebendo que a lavadeira havia adquirido o poder de vê-lo, a cegou instantaneamente. Assim, ele pode continuar sua rotina de caça sem ser notado por ninguém.


Estátua do Drac de Beaucaire, localizada na Place de la République, Paris


fonte:

segunda-feira, 21 de março de 2016

Dragões do Zodíaco - 2015

 Áries

Touro

Gêmeos

Câncer

Leão

Virgem

Libra

Escorpião

Sagitário

Capricórnio

Aquário

Peixes

Serpentário


Fin Fang Foom


Fin Fang Foom é um personagem fictício e um dragão alienígena que aparece no universo Marvel. Fin Fang Foom apareceu pela primeira vez em Strange Tales vol. 1, nº 89 (Outubro de 1961).

Biografia 

Embora outrora acreditava-se que ele fosse um nativo do vale do dragão adormecido na China, Fin Fang Foom é um alienígena tendo vindo do planeta Kakaranathara (também conhecido como Maklu IV) no sistema Maklu da grande Nuvem Magelânica. Foom e vários outros membros de sua raça originalmente abandonaram seu pacífico planeta no intuito de conquistar outros planetas.Os dragões alienígenas pousaram em terra na antiga China, e usaram sua transmutação de forma natural para imitar a forma humana, na intenção de se inserir e estudar a espécie humana antes de iniciar sua conquista. Foom entretanto estava preso em um túmulo, e adormecido graças a uma erva que lhe colocava em estado catatônico.


Fin Fang Foom é brevemente despertado no 8º século, e volta a dormir com uma segunda aplicação da erva. Foom dorme então até a era moderna, quando é deliberadamente despertado pelo adolescente Chan Liuchow, cuja terra natal está sob ameaça do Partido Comunista da China. Liuchow convence Foom com a ameaça da erva, e conduz o dragão diretamente para o acampamento comunista, que é dizimado por Foom. Após isso, Liuchow leva-o de volta para sua tumba, onde a erva o faz retornar aso seu sono.Em algum ponto, o adormecido Fin Fang Foom é capturado pelo ancião do Universo conhecido como Colecionador, e aprisionado em sua coleção subterrânea de monstros. Quando o vilão conhecido como Toupeira ataca o local, Foom e os outros monstros escapam e são mais tarde capturados pelo recém formada Quarteto Fantástico e depositados na ilha monstro. Foom, entretanto, não tem desejo algum em servir ao Toupeira (que usa a ilha como base) e vai embora, retornando à China e à hibernação.

Algum tempo depois um cientista chamado Doctor Vault consegue controlar mentalmente o dragão e faz com que ele ataque seu inimigo. Resistindo ao controle, Foom ao invés disso ajuda Colossus contra ainvasão alienígena - com a intenção de preservar o planeta para que a espécie dos dragões pudesse conquistá-lo posteriormente. O controle mental de Vault brevemente força Foom a lutar contra Colossus, Foom então se sobrepões ao seu oponente com artes marciais antes de libertar sua mente e retornar a hibernação. Anos mais tarde, Fin Fang Foom é mais uma vez despertado de seu descanso quando seu corpo é possuído pelo demônio Aan Taanu. Combatendo um grupo de aventureiros ocultos (incluindo o agora mais velho Chan Liuchow, já um Professor) conhecidos como a Legião da Noite em Nova York, Taanu é exorcisado do corpo de Foom, e o confuso dragão mais uma vez retorna à hibernação.


Tempos Modernos

Em algum ponto da era moderna, a embarcação do povo Makluan é encontrada por um homem que rouba 10 anéis sofisticados dele, e em consequência se torna o supervilão Mandarin. Anos mais tarde o Mandarin é levado ao Vale do Dragão Adormecido pelo capitão da embarcação, e encontra (e acorda) Fin Fang Foom, usando o dragão para ameaçar o governo chinês. Quando os outros Makluans tomam a forma humana para iniciar sua conquista, o Mandarim percebe que está sendo usado e junta suas forças com o Homem de Ferro para combater os dragões, terminando a batalha aparentemente com a completa aniquilação deles.

Poderes e habilidades

Fin Fang Foom possui grande força super-humana; o limite do que ele consegue levantar excede as 1000 toneladas. Tem a capacidade de voar com suas asas a velocidades supersônicas, e é capaz de expelir chamas pela boca a grandes distâncias. Tem também grande resistência a ferimentos e não pode ser ferido por armas convencionais. É capaz de regenerar-se de feridas extremamente severas. Têm o tempo de vida muito amplo, tendo sobrevivido a vários séculos. Certa vez mostrou a habilidade de se transformar num grande número de lagartos. É também altamente inteligente, apesar de sua forma bestial. Foom já mostrou a capacidade de se comunicar telepaticamente. É também um mestre num estilo de luta que inspirou as artes marciais da terra. Após várias mortes, ele se tornou capaz de apropriar-se de vários objetos e pessoas e encontrar maneiras de criar um novo corpo exatamente igual ao primeiro. Ele também pode torcer e retorcer o seu corpo.